CloudLabs

Blog

O que é o modelo educacional HyFlex?

HyFlex vem das palavras ‘Híbrido’ e ‘Flexível’ e tem como objetivo aproveitar tecnologias e ferramentas on-line, tais como vídeos, aplicativos e plataformas educacionais que permitam ao estudante otimizar a aprendizagem, ter aulas síncronas e assíncronas e, neste sentido, escolher qual método utilizar em seu processo de formação, de acordo com suas necessidades, estilos de aprendizagem e contexto.

O modelo foi proposto por Brian Beatty em 2006 e desde então a metodologia foi melhorada com a implementação de novas tecnologias e canais que permitem o relacionamento estudante-professor.

Este autor apresenta quatro princípios importantes do projeto HyFlex: possibilidade de escolha; equivalência, que as experiências em cada formato estejam equilibradas; reutilização, que o material possa ser usado em várias ocasiões; e acessibilidade, que todos os estudantes tenham a opção de participar das aulas e utilizar os recursos (2006).

Além disso, propõe 6 aspectos que devem ser considerados para a criação dos cursos HyFlex:

  • Metas e resultados.
  • Reunir e criar conteúdo.
  • Comunicação e expectativas.
  • Ambiente propício ao aprendizado. (Beatty, 2006).

É preciso esclarecer que este modelo está projetado para que as universidades sejam as que mais o utilizem. O país que tem tido maior abertura tem sido os Estados Unidos, pois é o lugar onde a metodologia nasceu. Um exemplo disso é a Universidade de Ohio, onde o departamento de estatística trabalha com este modelo de aprendizagem, de acordo com Horizon Report – Edição Ensino Superior 2014.

Como desenvolver uma aula com este modelo?

  1. Utilizar apresentações de PPT e desenvolver atividades interativas que motivem os estudantes através de aplicações e ferramentas digitais.
  2. Socializar as perguntas e permitir que o estudante desenvolva idéias e hipóteses.
  3. Enviar recursos como: leituras, vídeos ou podcasts antes da aula para que o estudante tenha contexto sobre o tema.
  4. Estabelecer regras que permitam ter o controle da aula.
  5. Avaliar constantemente a teoria através de desafios ou situações reais.

Você pode estar interessado em ➡️ Projetos integradores: Uma estratégia para o desenvolvimento de habilidades para o século XXI

Quais são as vantagens do modelo HyFlex?

  • Flexibilidade nas práticas de aprendizagem: graças a este modelo, os estudantes podem escolher a forma mais adequada de aprender. Além disso, o tempo e o lugar já não são uma limitação na educação.
  • Ambiente personalizado: permite criar ambientes personalizados de aprendizagem, possibilitando um aumento no rendimento e nos resultados dos estudantes.
  • Material adicional: graças às sessões ao vivo, os estudantes podem ter o material gravado para revisar posteriormente.
  • Interação entre professor e estudantes: são criados ambientes colaborativos de aprendizagem nos quais o estudante pode ter maior interação com o professor e com seus colegas; a sala de aula deixa de ser o único lugar para resolver dúvidas.
  • O professor deixa de ser o centro e se torna um apoio para os estudantes: isto lhes permite explorar e escalar suas metas de aprendizagem.

CloudLabs: um apoio para o modelo HyFlex.

Para implementar esta metodologia de formação, a qual enfatiza no b-learning (blended learning) ou aprendizagem combinada, é necessário levar em conta as ferramentas tecnológicas que apoiarão o processo. Em CloudLabs desenvolvemos uma versão de nossos laboratórios que funcionam de forma remota, o que significa que de qualquer lugar do mundo pode-se manipular equipamentos ou ferramentas reais ou físicas que estão disponíveis em outros ambientes ou latitudes, de forma virtual, permitindo que os espaços e tempos já não sejam limites para aprender sobre qualquer área do conhecimento.

Este tipo de tecnologia é muito característica dos ambientes híbridos e permite a expansão do conhecimento, pois de casa o usuário pode realizar um laboratório em tempo real e com equipamentos físicos, sendo um processo inclusivo às necessidades dos tempos modernos.

É assim como em CloudLabs Virtual STEM tornamos possível gerar ambientes educacionais híbridos através de simulações de laboratório que podem ser realizadas de qualquer lugar: a aula, o lar ou qualquer outro espaço.

Isto é consistente com nossa metodologia, a qual procura apoiar o sistema educacional promovendo a autonomia do estudante e a compreensão dos conceitos através da prática.

Referências:

Esquivel Gámez, I. (2014). Los Modelos Tecno-Educativos, revolucionando el aprendizaje del siglo XXI.

Ingenio; L. ¿Qué es la educación híbrida y cuáles son sus ventajas y desventajas? ingeniolearning.https://ingenio.edu.pe/blog/que-es-la-educacion-hibrida-y-cuales-son-sus-ventajas-y-desventajas/

Crambo ,(02 de diciembre del 2021) Las 5 ventajas ocultas que tiene el aprendizaje híbrido https://www.crambo.eu/es/las-5-ventajas-ocultas-que-tiene-el-aprendizaje-hibrido/

Gomez,D;Velazco,(2021) Las transformaciones digitales de las Universidades. Breve revisión de literatura Capítulo

Compartilhar em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Aviso de uso de cookies: : Esta página utiliza cookies próprios e de terceiros. Ao continuar navegando, você manifesta que aceita nossa Política de cookies.